sexta-feira, 2 de setembro de 2011

O ensino da Geometria no Brasil.

Sabemos que a Geometria está presente em diversas situações da vida cotidiana do ser humano: na natureza, nos objetos que usamos, nas brincadeiras infantis, nas construções, nas artes. À nossa volta podemos observar as mais diferentes formas geométricas. Muitas dessas formas fazem parte da natureza, outras já são resultados das ações do homem.
A aprendizagem geométrica é necessária ao desenvolvimento da criança, pois a geometria ativa as estruturas mentais, possibilitando a passagem do estágio das operações concretas para o das operações abstratas. E se este ensino, enfocar os aspectos topológico, projetivo e euclidiano, a criança tem possibilidades de conhecer e explorar o espaço onde vive, fazer descobertas, identificar as formas geométricas, etc., além do mais pode contribuir para o desenvolvimento do pensamento crítico e autônomo. No entanto, a escola, durante muito tempo, não procurou suficientemente estimular nos alunos essa percepção da geometria no mundo em que vivemos. Ao analisar a geometria, nas diversas modalidades de ensino, podemos observar que alguns alunos do ensino fundamental e médio, apresentam grandes dificuldades nesta área do conhecimento matemático.
O gradual abando do ensino de geometria, verificado nestas ultimas décadas é um fato que tem preocupado bastante os educadores matemáticos brasileiros, mas alguns argumentos são usados para tentar justificar essas dificuldades, pois pesquisas realizadas por vários autores, entre eles, Pavanello (1993) mostra um abandono do ensino da geometria nas aulas de matemática e, provavelmente, um dos motivos que levaram a esta ausência foi a falta de preparo do professor em geometria, detectada após o movimento da Matemática Moderna no Brasil, onde a Álgebra era mais destacada.
Existem fortes motivos para a inquietação dos docentes com o abandono da geometria e a insistência em melhorar seus conhecimentos com relação a ela (PAVANELLO, 1993). A ausência da geometria pode estar prejudicando o desenvolvimento dos alunos, pois exclui a possibilidade de desenvolver os pensamentos necessários à resolução de problemas matemáticos. O abandono do ensino de geometria deve ser caracterizado como uma decisão governamental em relação à educação brasileira. É importante ressaltar que ao ensinar geometria nas escolas, podem ser desenvolvidas algumas atividades que envolvem situações cotidianas. Existe também a possibilidade do professor dar algumas aulas sem ser expositivas, utilizando jogos, laboratório de informática, fazer construções utilizando régua e compasso entre outras coisas.
Embora diagnosticado anteriormente como um problema mundial, o ensino de geometria pode ser retomado no Brasil para que nossos alunos tenham uma formação integral tanto em aritmética, como em álgebra e geometria. Para tanto é necessária uma atenção voltada à formação dos docentes.
Podemos perceber que a análise histórica do que aconteceu, no Brasil e no mundo, com o ensino em geral torna evidente que a luta pelo conhecimento pode ser vista como uma luta pelo poder. As decisões relativas ao ensino não podem ser desvinculadas do contexto histórico, político e social. O ensino de certas disciplinas, principalmente da geometria, importantes para a formação dos indivíduos, foi negligenciado, e não por acaso.


Referências: PAVANELLO, R. M. “O abandono do Ensino da Geometria no Brasil: Causas e Conseqüências.” In: Zetetiké, n.1, p. 07-17, Unicamp, mar. 1993.

Um comentário:

  1. Como falei assim que expliquei esta atividade, um dos propósitos do blog é que cada um se constitua em autor de suas produções, fazendo uso de fundamentação. Para tanto, qualquer trecho transcrito de outra obra deve ser devidamente referenciado como citação, do contrário implica em apropriação indevida de produção intelectual de outrem, o que é considerado muito grave no âmbito da universidade.

    http://www.thaissimao.com/2011/06/o-ensino-da-geometria-no-brasil.html

    http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:0YIrNgVASXQJ:www.sbem.com.br/files/ix_enem/Comunicacao_Cientifica/Trabalhos/CC61508500487aT.rtf+Sabemos+que+a+Geometria+est%C3%A1+presente+em+diversas+situa%C3%A7%C3%B5es+da+vida+cotidiana+do+ser+humano:+na+natureza,+nos+objetos+que+usamos,+nas+brincadeiras+infantis,+nas+constru%C3%A7%C3%B5es,+nas+artes.+%C3%80+nossa+volta+podemos+observar+as+mais+diferentes+formas+geom%C3%A9tricas.&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br

    ResponderExcluir